A capacidade de receber e reagir às críticas

Receber bem uma crítica, por mais interessante e construtiva que seja, não é uma das tarefas mais fáceis.

Compartilhe essa página

A capacidade de receber e reagir às críticas

A Capacidade de Receber e Reagir a Críticas
Sejamos sinceros: receber bem qualquer crítica por mais interessante e construtiva que ela seja não é uma das tarefas mais fáceis.
 
Quando isso acontece, é comum um sentimento de desconforto tomar conta de nós ao mesmo tempo em que procuramos não demonstrar tal sensação de irritação ou fúria.

É claro que ninguém quer ser criticado, pois, na realidade, a grande maioria teme a crítica já que ela gera um sentimento de desaprovação.
 
Ser desaprovado faz você se sentir não aceito, não respeitado ou até não amado. E se você está por dentro do nosso artigo "A Importância dos Valores para a Decisão Profissional" onde falamos, justamente, sobre a importância de nossos valores, já entendeu que não ser aceito socialmente, não se sentir respeitado ou não se sentir amado pode te incomodar profundamente por ir contra tudo que é importante para você: seus próprios valores.
 
É daí que surge toda a armadura criada para rebater cada crítica, sem dar a chance de absorver aquilo que nos faria crescer.
 
Diante desta situação, o que costumamos fazer é nos defender e não concordar com a opinião dada porque mexeram no nosso orgulho.
 
Mas, será que daria para contar a quantidade de vezes que seremos criticados na vida? Impossível.
 
Pode ser na escola, na faculdade, em casa ou no trabalho, o fato é que desde pequenos, todas as experiências que vivemos estão suscetíveis a receberem comentários que podem estragar nosso dia.
 
É possível então ver que o medo da crítica é capaz de paralisar, e se isso acontece com você, provavelmente já deixou de fazer muitas coisas por medo de ser criticado. Afinal, não agir é a única forma eficiente de não receber críticas. 

Mas já reparou que independente do seu sucesso ou a falta dele, sempre haverá pessoas para te criticar?
 
Comece a pensar o que vale realmente a pena.
 
Quando surge uma crítica, ficamos chateados com a pessoa que criticou e às vezes sentimos ódio ou até raiva porque não nos preocupamos em enxergar nosso comportamento sob um ponto de vista diferente, muito menos estamos dispostos a mudar algumas de nossas atitudes.
 
Estes são os principais indícios de pessoas que não sabem receber críticas por não conseguirem tirar o melhor proveito delas. 

A Capacidade de Receber e Reagir às CríticasEntão como devemos encarar as críticas? Será que precisamos aceitar tudo que os outros falam ao nosso respeito ou sobre aquilo que fazemos? É claro que não.
 
O que você precisa praticar é o seu olhar sobre si mesmo, ou seja, aprender a considerar o que lhe foi dito e ser capaz de julgar se aquilo poderia ser usado para ter um impacto positivo na sua vida.
 
Ouvir o que outras pessoas têm a dizer amplia os olhares sobre um mesmo ponto fazendo você enxergar novas possibilidades de crescimento.
Lembre-se que quanto mais você se abrir para críticas, mais chances terá de se desenvolver. Como fazer isso é o que falaremos a seguir.
 
Aqui estão 4 dicas para você começar a encarar uma crítica de maneira mais positiva, transformando-a em algo importante para o seu desenvolvimento pessoal e profissional:
 
1- Não saia logo se justificando: agir no impulso do momento pode acarretar um comportamento agressivo e desnecessário da sua parte e é muito provável que a pessoa não conseguirá terminar de dizer exatamente o que queria.
Então prefira tomar um tempo após escutar uma crítica. Pode ser de 10 minutos, 2 horas ou uma questão de dias.
Tudo vai depender do seu tempo para digerir as críticas e repensá-las. Na prática, respire fundo e diga a pessoa que vai pensar melhor sobre o assunto e que, assim que suas ideias estiverem mais claras, vocês voltam a conversar.

2- Se desarme: com calma e tomando este tempo para si, esta é a hora de deixar o orgulho de lado e de também admitir a você mesmo que nunca será perfeito porque sempre estará passível de cometer erros ao longo da sua vida.
Procure, então, se colocar no lugar do outro, entendendo de peito aberto o que pode ter feito aquela pessoa falar as coisas que disse.

3- Admita o que for verdade: reflita se a crítica que recebeu é algo que você já tinha notado anteriormente.
Se vários colegas ou conhecidos já te disseram que você não tem paciência para trabalhos em grupo, raramente todos eles estão errados.
Use este momento para considerar a possibilidade de que essas pessoas estejam interessadas em ajudá-lo.
Este pode ser um indício de que há algum fundamento naquela crítica e aí pode estar uma ótima oportunidade de evoluir.
Caso seja uma crítica que nunca tinha recebido antes, pense honestamente se ela faz algum sentido para você ou se realmente a pessoa não estava correta em seu posicionamento.

4- Faça algo: é hora de ter uma conversa honesta e tranquila com a pessoa que te criticou.
Agora este diálogo tem tudo para ser construtivo. E vocês têm tudo para saírem daqui pessoas melhores.

Se você já é uma pessoa que sabe ouvir uma crítica e faz com que ela some algo na sua vida, parabéns! Você já conhece os efeitos positivos que ela é capaz de trazer.
 
Caso este ainda não seja seu caso, esta é a oportunidade de começar a encarar as situações com mais segurança para que você se dê a chance de enxergar muitas coisas que podem lhe agregar.
 
E com certeza estamos falando apenas das sugestões que fazem sentido e não aquelas vindas de pessoas invejosas ou sem nenhum fundamento. 
 
Por fim, saiba que será apenas com a prática e com o tempo que você se tornará capaz de discernir a veracidade das críticas e assim fazer cada vez mais daquilo que deveria ser a busca incessante de todos: ser alguém sempre melhor do que ontem. 

Flávia Rocha (ex-aluna do Colégio Exatus) e Luana Lie são Coaches Vocacionais e de Carreira, sócias da Realiza Insights com formação pelos melhores institutos do Brasil. Elas escrevem para o Portal Exatus todas as sextas-feiras e realizam o trabalho de coaching em grupo com os alunos do Ensino Médio do Colégio Exatus.

Compartilhe essa página
Leia também:
we.digi - agência digital
Copyright © 2018 Todos os direitos reservados: Exatus Colégio e Vestibulares - Tatuapé